O que é Glifosato

O Glifosato, ou N- (fosfonometil) glicina, é um dos herbicidas de amplo espectro mais utilizados do mundo e é responsável por cerca de 25% do mercado global desta categoria de produto. Seu uso é aprovado em mais de 100 países (confira a lista aqui).

Herbicidas são frequentemente utilizados na agricultura, porque são uma maneira simples e econômica de controlar as plantas daninhas que competem por luz solar, água e nutrientes com as lavouras, causando grandes perdas na produtividade, além de abrigar insetos e animais transmissores de doenças. Estima-se que a redução causada por plantas daninhas na produção das culturas no Brasil seja da ordem de 20 a 30%, podendo chegar até 90% em casos extremos.

O principal uso do glifosato é na agricultura, mas em alguns países ele também é usado para controlar plantas daninhas em jardins, em áreas não cultivadas, como complexos industriais, linhas ferroviárias e também no controle de plantas aquáticas invasoras.

O glifosato foi introduzido pela primeira vez em 1974 sob o nome comercial “Roundup” e atualmente é produzido e comercializado por mais de 50 empresas em mais de 160 países, sob diversos nomes comerciais.

O glifosato é pulverizado sobre as ervas daninhas em uma solução diluída e é rapidamente absorvido pelas plantas. Ele funciona através do bloqueio de uma via metabólica que é essencial para o crescimento da planta. Esta via está presente em todas as plantas, mas não existe nos animais, o que torna o glifosato um herbicida de alta eficiência de largo espectro e contribui para a sua baixa toxicidade ao homem e aos animais. As características físico-químicas do glifosato indicam que esse produto apresenta um baixo impacto sobre o meio ambiente.

Outra razão pela qual os produtos de glifosato são ferramentas populares no manejo de culturas é porque permitem que os agricultores semeiem diretamente em campos com vegetação residual sem a necessidade de fazer o revolvimento do solo, conhecido como plantio direto. O glifosato substituiu o controle mecânico de plantas daninhas em muitas culturas e tem sido uma importante ferramenta para a melhoria das práticas agrícolas e o rendimento das culturas ao longo das últimas décadas.

Dentre as várias moléculas químicas que são atualmente comercializadas com a finalidade de controlar as diferentes espécies de plantas daninhas, reconhecidamente, o glifosato tem um papel considerado de grande significância para a agricultura em todo o mundo.

CONTATO